Atividade aponta mudanças que poderão evitar eventuais acidentes

Na última quinta-feira (13), os alunos do quarto período de Aviação Civil participaram de uma atividade diferente. Por meio da parceria entre o Centro Universitário ICESP e o Batalhão de Aviação Operacional – BAvOP, da Polícia Militar do DF, foi realizada uma Vistoria de Segurança de Voo, na sede do batalhão, no Guará.

Na ocasião, os estudantes foram divididos em grupos, cada um responsável em fiscalizar e apontar incoerências nos setores de operações, manutenção, instrução, segurança de voo e serviços de hangar. As falhas solucionadas vão melhorar a condição operacional nos voos de patrulhamento e vigilância feitos pela Polícia Militar.

Com a atividade, os grupos fornecerão ao Comandante do BAvOP, Coronel Fábio, em uma semana, uma análise das condições insatisfatórias que possam afetar a segurança de voo, bem como recomendar medidas corretivas, visando à prevenção de perigos e riscos para a atividade aérea. “As deficiências apontadas pelos alunos servirão para implementar mudanças que poderão evitar até mesmo eventuais acidentes”, afirma Coronel Fábio.

O coordenador do curso, professor comandante Jorge Carmo, enfatizou que a atividade foi proveitosa para ambas as instituições. “Também é uma forma de contribuir para com a sociedade em geral, na medida em que a atividade aérea da PM passe a ter um maior grau de segurança”, avaliou.

Referência
A execução da vistoria foi acompanhada pelo Brigadeiro Carlos Alberto da Conceição, uma referência em aviação, reconhecido como o profissional mais capacitado no Brasil e na América Latina, no que diz respeito à segurança de voo. Sua atuação como professor do ICESP tem sido um referencial para melhorar a qualidade dos pilotos e demais profissionais oriundos do Curso de Aviação Civil, que recentemente completou 17 anos.