Engenharia Civil

Inscrever-me no Vestibular

 

O curso

ENGENHARIA CIVIL

O Curso de Engenharia Civil da Faculdade ICESP foi concebido com o propósito de apresentar formas de construção do saber e fazer da Engenharia, privilegiando a reflexão, estimulando a leitura, análise e crítica de questões de Engenharia de forma individual e em equipe, levando em conta a ética profissional, com vistas à formação do engenheiro civil generalista, sem a perda de sensibilidade de enfatizar algumas áreas tecnológicas importantes para o desenvolvimento sustentável da região do Centro – Oeste, em princípio.

O Curso será desenvolvido em cinco anos, ou dez semestres e possui carga horária total de 4.520 horas/aula.Foi estruturado com base na Resolução CNE/CES de 11 de março de 2002 que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia e definem os princípios, fundamentos, condições e procedimentos da formação de engenheiros. Como está estruturado, o curso formará um profissional preparado para enfrentar os aspectos interdisciplinares e multifuncionais de um problema de engenharia (técnicos, sociais, políticos, econômicos, éticos, ambientais etc.), atendendo melhor aos anseios de uma sociedade inovadora, competitiva e participativa.

O curso tem, como principais objetivos, a procura pela efetiva relação entre o perfil do profissional formado e o enquadramento do mesmo no mercado de trabalho, bem como a formação plena de um engenheiro capaz de acompanhar as constantes transformações proporcionadas pelas novas tecnologias e de se aperfeiçoar constantemente, aprendendo a encontrar soluções para os problemas, mediante um imenso arcabouço de informações que o mundo globalizado hoje nos proporciona.

Estima-se que os futuros estudantes do curso de Engenharia Civildada Instituição atuarão, de fato, no campo da engenharia civil, seja com vínculo empregatício permanente em atividades de apoio às empresas, seja como estagiário voluntário, ou ainda, em cumprimento ao requisito obrigatório de estágio supervisionado para conclusão do curso. Tais condições de experiência externa com vinculo direto com os conteúdos apreendidos em sala de aula, contemplarão os objetivos aos quais se propõe a instituição para com os seus alunos, quais sejam o da contribuição para a demanda regional e local, ainda, durante a formação acadêmica.

Destaca-se, igualmente, a evidente demanda para a formação de engenheiros, haja vista o bom momento econômico do Brasil que tem sido acompanhado por um aumento dos investimentos. Empresas e o próprio poder público têm destinado volumes crescentes de recursos para ampliação da capacidade produtiva.  Pesquisas especializadas têm demonstrado que a opção pela profissão de engenheiro de quatro áreas promissoras – petróleo & gás, energia elétrica, mineração e construção civil & grandes obras – oferecem salários entre 3 e 8 mil reais para profissionais juniores de nível superior.

O estudo realizado pela Consultoria de Recursos Humanos RHIO’s para a revista VEJA aponta uma grande demanda para engenheiro de minas e metalúrgico, engenheiro de produção, engenheiro eletricista, engenheiro de processos, de produção, engenheiro ambiental e engenheiro civil.

Coerente com a política educacional que norteia o ensino da Instituição, a opção pela oferta do Curso de EngenhariaCivil, portanto, está em consonância com as expectativas e demandas do mercado de trabalho. Nesse sentido, pretende-se contribuir com a sociedade formando um engenheiro civil competente e atualizado perante aos desafios das novas tecnologias de mercado da construção civil, não se descuidando, principalmente, da formação do profissional cidadão, com consciência da responsabilidade social e ética, e comprometido com a sustentabilidade em seu meio de atuação.

A Instituição, consciente das novas demandas da sociedade brasiliense e em especial do Entorno, tem desenvolvido, nos últimos anos, um processo contínuo de investimento na inserção de jovens na educação superior. Esse processo, aliado a diversos outros fatores de ordem externa, apontaram para a necessidade de diversificação dos cursos oferecidos, mantendo cursos tradicionais, mas adotando propostas de cursos inovadores em áreas pouco desenvolvidas.

Duração: 10 semestres

Parte superior do formulário

Grau: Bacharelado

Parte inferior do formulário

 

PERFIL DO EGRESSO

Tendo em vista as competências que se deseja desenvolver nos formandos e sua finalidade, com a preocupação em contextualizá-lo com realidade da comunidade em que se insere e a busca contínua da qualidade de seus processos aliadas ao desenvolvimento da consciência de direitos e deveres do cidadão e do profissional, o Curso de Engenharia Civil da Faculdade ICESP estabelece os seguintes objetivos:

  • Capacitar o estudante para atuar no mercado de trabalho, em especial na execução de obras que envolva, principalmente, as atividades de planejamento, execução, fiscalização e controle;
  • Permitir ao egresso progredir num mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo, através da atualização profissional e com o apoio em uma sólida formaçãotécnico-científica adequada à absorção de novas tecnologias e processos;
  • Desenvolver no aluno atitude empreendedora e capacidade de liderança;
  • Incentivar o desenvolvimento das potencialidades individuais, propiciando o surgimento de novas gerações de profissionais empreendedores, internos e externos, capazes de adotar modelos de gestão, métodos e processos inovadores, novas tecnologias e metodologias alternativas.
  • Estimular a capacidade para identificar, formular e resolver problemas de engenharia.
  • Desenvolver a capacidade de projetar e conduzir experimentos, assim como analisar e interpretar os resultados.
  • Despertar o desejo permanente de busca contínua do aprimoramento pessoal e profissional.
  • Desenvolver a capacidade de observação para melhor utilizar informações, técnicas e instrumentos modernos para o exercício da prática da engenharia.
  • Oportunizar a análise de cenários no contexto organizacional, de modo a estimular o aluno a propor mudanças no ambiente organizacional e social.
  • Proporcionar ao aluno oportunidades de participação em programas de melhoria de condições de vida da comunidade.
  • Valorizar a necessidade de cooperação e o trabalho em equipe.
  • Desenvolver a capacidade para comunicar-se efetivamente (por escrito, oral e graficamente).
  • Promover a compreensão da ética e o senso de responsabilidade profissional.

Informações Gerais

Grade Curricular

Disciplina

Prática

Teórica

Total

1.1-Geometria Analítica 0 80 80
1.2-Introdução à Engenharia 0 40 40
1.3-Informática 0 40 40
1.4-Introdução ao Cálculo 0 80 80
1.5-Leitura e Produção de Textos 0 80 80
1.6-Química Geral 0 80 80
2.1-Cálculo I 0 80 80
2.2-Ciências Sociais e Etnia 0 40 40
2.3-Estatística e Probabilidade 0 80 80
2.4-Física I 0 80 80
2.5-Geometria Descritiva 0 80 80
2.6-Metodologia Científica 0 40 40
3.1-Cálculo II 0 80 80
3.2-Desenho Técnico 40 40 80
3.3-Fisica II 0 80 80
3.4-Fenômenos de Transportes 0 80 80
3.5-Mecânica 0 80 80
4.1-Cálculos Numéricos 0 40 40
4.2-Cálculo III 0 80 80
4.3-Física III 0 80 80
4.4-Hidrologia 0 40 40
4.5-Resistências dos Materiais I 0 80 80
4.6-Topografia I 40 40 80
5.1-Cálculo IV 0 80 80
5.2-Materiais de Construção I 60 20 80
5.3-Resistências dos Materiais II 0 80 80
5.4-Sistemas Estruturais I 0 80 80
5.5-Topografia II 40 40 80
6.1-Hidráulica 60 20 80
6.2-Higiene e Segurança do Trabalho 0 40 40
6.3-Legislação Aplicada 0 40 40
6.4-Materiais de Construção II 60 20 80
6.5-Mecânica dos Solos 60 20 80
6.6-Sistemas Estruturais II 0 80 80
7.1-Estrutura de Concreto I 0 80 80
7.2-Fundações 0 80 80
7.3-Projeto Técnico de Instalações Elétricas 0 80 80
7.4-Projeto Técnico de Instalações Hidrossanitárias 0 80 80
7.5-Técnicas Construtivas 0 80 80
8.1-Administração, Gerenciamento e Custos da Construção 0 40 40
8.2-Estrutura de Concreto II 0 80 80
8.3-Estruturas Metálicas 0 80 80
8.4-Estágio Supervisionado I 0 100 100
8.5-Infra e Superestrutura Viária – Vias Urbanas e Estradas 0 80 80
8.6-Planejamento e Mobilidade Ubana 0 40 40
8.7-Sistema de Abastecimento de Água e de Esgotos Sanitários 20 60 80
9.1-Alvenaria Estrutural 0 80 80
9.2-Estágio Supervisionado II 0 100 100
9.3-Infra e Superestrutura Viária – Portos e Aeroportos 0 80 80
9.4-Optativa I 0 40 40
9.5-Patologia e Recuperação das Estruturas 0 80 80
9.6-Pontes e Estruturas Especiais 0 80 80
9.7-Trabalho de Conclusão de Curso I 0 40 40
10.1-Atividades Complementares 0 200 200
10.2-Economia e Gestão de Projetos 0 40 40
10.3-Gestão do Meio Ambiente 0 40 40
10.4-Gerenciamento de Resíduos Sólidos 0 40 40
10.5-Optativa II 0 40 40
10.6-Projeto Integrados Multidisciplinares 0 80 80
10.7-Trabalho de Conclusão de Curso II 0 40 40
11.1-OFICINA DE MATEMÁTICA 0 20 0
11.2-OFICINA DA PALAVRA 0 20 0

TOTAL:

380

3920

4280

 

Corpo Docente

DOCENTE

TITULAÇÃO

Ailton Ferreira Assis De Almeida Especialista
Ana Paula Da Costa Amaral Mestre
Cherles Verlanes Moreira Da Silva Especialista
Fernanda Machado De Lima Meneses Especialista
Flavio Dos Ramos De Sousa Mendonça Mestre
Ibere Pinheiro De Oliveira Especialista
Luiz Berber Costa Especialista
Marcus Fabiano Silva Saldanha Doutor
Mauro Rogerio Goncalves Especialista
Niecio Da Costa Anunciação Junior Mestre
Nilo Silvio Costa Serpa Doutor
Ronaldo Kelly Medeiros Mestre
Valdemar Vieira Da Silva Neto Especialista
Valdir Silva dos Santos Especialista
Wesley Candido De Melo Mestre

 

Investimento

Engenharia Civil

Valor Bruto

Bolsa 20%

Bolsa 30%

Bolsa 40%

Bolsa 50%

Bolsa 60%

Bolsa 70%

$ 1.781,19 R$ 1.424,95 R$ 1.246,83 R$ 1.068,71 R$ 890,60 R$ 712,48 R$ 534,36

 

Coordenação

Luiz Berber Costa

Engenheiro Civil, cursando Máster en Gestión y Auditorias Ambientales – Universidad Europea del Atlântico – Espanha e Mestrado em Integridade dos Materiais de Engenharia – UNB – Brasília. Especialista em Docência do Ensino Superior, Administração Escolar e Matemática Superior. Graduado em Engenharia Civil, Física e Ciências. Atuação na área acadêmica e, também, como Engenheiro Civil no setor público e privado, com experiência em gestão e execução de obras de engenharia de médio e grande porte. Foi Diretor de Obras da Administração Regional de Águas Claras – DF, Gerente de Licenciamento da Diretoria de Obras da Administração Regional do Cruzeiro – DF, Subsecretário-Adjunto de Logística da SEDF, Gerente de Projetos da Diretoria de Obras da Subsecretaria de Logística, Coordenador Técnico da Subsecretaria de Logística. Engenheiro concursado na ECT/Ministério das Comunicações, onde desempenhou as funções de Gerente Técnico de contratos do Departamento Comercial, Assessor do Departamento de Engenharia, Coordenador de Programação de Obras da Divisão de Programação de Projetos e Obras do Departamento de Engenharia, Gerente de Engenharia da Diretoria Regional de Brasília DF, quando atuou na fiscalização e acompanhamento de várias obras de porte localizadas em várias regionais do país. Executor de contrato referente à serviços de identificação e estudo de composição de gases e do solo – Relatório Ambiental de Avaliação preliminar e confirmatória de passivo ambiental na Cidade Estrutural e implantação de sistema para cessar a intrusão do gás metano nas edificações (sistema SVE – Soil Vapor Extration). Detentor de Certificado de Reconhecimento, Programa Nacional de Qualidade dos Correios. Patrocinador da Modelagem contendo o mapeamento de todos os macroprocessos, processos e atividades, além dos dados padronizados, formatados, e definidos. Experiência em elaboração de planos estratégico-pedagógicos, planejamento de cursos de treinamento, com elaboração de material didático, análise de projetos de arquitetura e acompanhamento das respectivas obras civis. Cursos nas áreas de planejamento, gestão, orçamento, finanças e técnica, elaboração de modelos técnico/administrativos visando racionalizar, aprimorar, adequar e modernizar procedimentos. Conhecimento dos aspectos principais do processo Ensino/Aprendizagem. Pesquisa atual: Estudo comparativo entre o sistema construtivo tradicional e o sistema construtivo concreto PVC – estudo comparativo de custo de dois métodos estruturais, utilizados, sistema tradicional e o sistema concreto PVC, demonstrando a viabilidade econômica e técnica construtiva para edificações que utilizem estes métodos.

E-mail: coord.engenhariacivil@icesp.edu.br