Em mais um dia da Semana Acadêmica de Agronomia, os alunos aprenderam sobre controle de pragas, nutrição de hortaliças e uso da tecnologia no agronegócio.

Por Camila Carvalho

No segundo dia da Seagro (09), os estudante do curso de Agronomia tiveram mais três palestras. Os temas abordados foram: controle biológico de pragas no Brasil, com o pesquisador da Embrapa Roberto Teixeira Alves; tópicos em nutrição de hortaliças, com o pesquisador da Embrapa Juscimar Silva e o uso de drones no agronegócio.

O primeiro palestrante da noite foi o doutor em Entomologia pela Universidade de Londres, Roberto Teixeira. Ele falou sobre a importância de se fazer um controle biológico de pragas no Brasil e dos métodos que existem. Também abordou a respeito do Manejo Integrado de Pragas (MIP) e citou as principais etapas do processo, são elas: monitoramento, tomada de decisão, controle cultural, controle biológico, controle químico e identificação das pragas e dos inimigos naturais.

A segunda palestra foi ministrada pelo doutor em Solos e Nutrição de Plantas e pesquisador da Embrapa Juscimar da Silva. A palestra de Tópicos em Nutrição de Hortaliças alertou para os desafios que o agrônomo enfrenta na hora de fertilizar o solo, já que agronomia busca minimizar os custos e maximizar a produtividade. Para Juscimar, o grande segredo é fazer uma interpretação e análise do solo por meio de uma amostragem do solo.

A terceira e última palestra da noite abordou os recursos tecnológicos a favor do agrônomo. O engenheiro agrônomo João Eduardo falou sobre o uso de drones no Agronegócio.

Na segunda noite da semana acadêmica também teve emoção. Os alunos fizeram homenagem para a coordenadora de unidade, Raimunda Alves dos Santos, por dar muito apoio nos projetos idealizados por eles. Outra homenageada foi a aluna Amanda Lanai Nunes. Ela faz parte da comissão de organização da Seagro.