Por Wallinson Leandro

Na manhã desta quarta-feira (10), os acadêmicos de Agronomia chegaram à reta final da I Semana Acadêmica de Agronomia. As palestras de hoje contaram com a presença de representantes da Novacap e Embrapa Cerrado.

Quem abriu a primeira palestra foi o Dr. Eduardo Alano, da Embrapa Cerrado. Ele conversou com os alunos sobre o melhoramento participativo na cultura da mandioca. Eduardo explanou sobre diversos experimentos com a mandioca que foram feitos na Empresa Brasileira de Pesquisa Agrônoma. Explicou ainda sobre a importância do sistema de produção, que significa ações como capinagem, adubação e tratamento de doenças, que interferem na qualidade da mandioca, o dito trato cultural na linguagem agrônoma.

A Dra. Arminda Moreira, também da Embrapa, falou sobre os sistemas agropecuários mitigadores de gases de efeito estufa. Ela explicou sobre ações para diminuição dos gases de efeito estufa que estão diretamente ligadas à Sustentabilidade. Arminda comentou que estudos internacionais mostram que de fato há mudanças climáticas no planeta e que o maior produtor de Gás carbono (CO2) é produzido pela agropecuária. “Não é invenção que houve mudanças no clima. Estudos comprovam. Sentimos mais calor. Ano passado aqui no DF passamos pelo racionamento e às vezes as pessoas esquecem que isso é sério. Vivenciamos momentos críticos”, lembrou.

E para encerrar, Alfred Luciano, da Novacap, falou sobre arborização de Brasília. Ele que está há 20 anos na empresa, comentou como são feitas as obras de urbanização na Capital. Falou também como são realizadas as obras de jardinagem nos palácios do governo e em algumas regiões administrativas. Alfred explicou ainda porque algumas não trabalhos de jardinagem. “Algumas cidades não tem devido à falta de apoio de alguns Administradores. Cada local tem que ajudar com pelo menos a irrigação”, criticou.

A partir das 19h, estudantes e professores irão participar das últimas palestras da Seagro.