EVENTO INTEGROU ALUNOS DE RADIOLOGIA, BIOMEDICINA E FARMÁCIA

Camila Carvalho

De 16 a 18 deste mês, os cursos de Biomedicina, Farmácia e Radiologia, mais uma vez, integraramse para realizar a jornada acadêmica Radiobiofarma, no campus Águas Claras. Neste ano, o tema do encontro foi a oncologia. Mais de 200 inscritos, entre alunos do Icesp e comunidade externa, debateram sobre como contribuir para o tratamento do câncer sob a perspectiva de cada curso.

As palestras da jornada em cada área aconteceram simultaneamente. Na primeira noite, alunos da Biomedicina conheceram as principais infecções que acometem pacientes oncológicos, na palestra ministrada pelo biomédico Daniel Oliveira Torres. Também assistiram à apresentação do coordenador do curso, Eduardo Mendonça, sobre Gel 2D na pesquisa do câncer. No curso de Farmácia, uma abordagem sobre a produção de L-asparaginase, um fármaco antileucêmico, feita pelo farmacêutico Samuel Leite Cardoso. Na sequência, Braiton Meireles de Freitas bateu um papo com os acadêmicos sobre a atuação do profissional de Farmácia na Oncologia.

A Radiologia trouxe o egresso do Icesp, Jackson Farias, para falar sobre a atuação do tecnólogo em Radiologia na radioterapia. Juliana Dias, professora da casa, deu uma aula sobre métodos de imagem para planejamento em radioterapia.

Abertura Oficial

A abertura do evento foi realizada na quinta-feira (17), com a presença da reitora do Icesp, Ana Angélica Paiva, dos coordenadores anfitriões Thalita Lauanna (Radiologia), Anna Maly (Farmácia) e Eduardo Mendonça (Biomedicina), além dos representantes dos conselhos regionais de cada área. A reitora parabenizou a iniciativa dos cursos. “A faculdade é uma jornada não muito fácil, cheia de desafios, mas temos que ter coragem e confiança para conseguir vencer.

Essa é uma semana muito produtiva e cheia de desafios e conhecimentos”, disse. A representante do Conselho Regional de Farmácia, Gilcilene Maria, lembrou que a que a integração dos cursos ajuda os conselhos a defenderem o exercício legal das profissões. “Vivemos um período de muita instabilidade no Congresso Nacional. Acompanhamos vários projetos de leis que estão querendo colocar a nossa população em risco, com vendas de medicamentos em estabelecimentos sem supervisão do farmacêutico, por exemplo. Isso coloca nossa profissão em risco”, alertou. O representante do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia, Márcio Teixeira, instigou a continuidade dos estudos mesmo após a formação. “Enquanto respirar, procure aprender algo.

Quando cansar de aprender a sua área, procure outro assunto para aprender”, disse. Para encerrar a noite, o palestrante Vitor dos Santos Alves fez uma apresentação sobre o auxílio da acupuntura no tratamento do câncer. “É uma prática milenar que trata as energias das pessoas. Em primeiro lugar, o profissional que atua nessa área deve ter empatia para tratar as pessoas, entender o que essa pessoa está passando’’, enfatizou.

Aprendendo na prática

No último dia do evento, os alunos participaram de dois workshop de cada curso. Na Farmácia, sobre cosméticos e a produção de cremes hidratantes e sobre fabricação de cervejas artesanais. Cipatologia oncótica e coleta sanguínea foram os temas da Biomedicina. Na Radiologia, um treinamento sobre as neoplasias em animais de pequeno porte e o como realizar primeiros socorros.