Camila Carvalho

O semestre terminou, mas o alunos de agronomia aproveitaram até o fim. Na última sexta-feira (12), estudantes de diversos semestres do curso participaram de uma saída de campo. Eles viajaram para a cidade de São Gotardo, em Minas Gerais, cerca de 45 estudantes visitaram a fazenda Shimada, referência de produção no Brasil.

A viagem foi longa, durou aproximadamente dez horas. Os estudantes chegaram apenas no sábado pela manhã. Uma verdadeira viagem de campo, que foi coordenada pela professor Francisco Celio.

Apesar da demora para chegar ao destino, o professor conta que valeu a pena, todos foram muito bem recebidos e puderam conhecer de perto um pouco mais sobre o mundo da agronomia. “Tiveram uma verdadeira aula de agronegócio com o um dos proprietários, Sr. Hugo Shimada, da Fazenda Shimada Agronegócios. Ele falou sobre administração da fazenda, sobre aquisição de maquinários, da importância da capacitação dos funcionários, até mesmo fazendo cursos no exterior para saberem sobre os equipamentos adquiridos de fora”, conta.

A fazenda Shimada foi criada em 1975 pela família Shimada, descendentes de japoneses. Atualmente, é referência para o agronegócio brasileiro. De acordo com a época do ano, o quadro de funcionários pode chegar aproximadamente 650 pessoas.

Após conhecer sobre a parte administração da fazenda, a visita foi guiada pelo gerente administrativo, Virmondes Bomtempo Junior, que explicou sobre as atividades de classificação manual do alho, lavagem e congelamento da beterraba, lavagem e resfriamento da cenoura, realizados por maquinários importados da Holanda e as câmaras frias e as temperaturas diferenciadas de cada uma. Em seguida, a turma foi conduzida ao campo para analisar as culturas de cenoura, beterraba, alho e abacate. A visita foi finalizada com a observação de um dos 49 pivôs centrais e um dos sete reservatórios de água para abastecimento.

Os alunos ficaram satisfeitos com a viagem. A aluna Ludmila Ribeiro de Souza contou como é proveitoso unir a teoria ensinada em sala com a prática do mercado. “As saídas de campo são uma oportunidade única para que os estudantes vejam, na prática, tudo que é ensinado em sala. Participar dessa saída foi, com certeza, uma experiência única que será levada para a vida. É muito importante que nós, estudantes, tenhamos esse contato para que nosso conhecimento seja enriquecido’’, disse.

Para o aluno Glauter Lima dos Santos, a saída de campo proporcionou aos alunos uma oportunidade incrível de conhecer o que há de melhor em termos de produção agrícola. “A Empresa busca uma sinergia entre alta produtividade, sustentabilidade e respeito entre os funcionários e clientes.

Algo que chamou muito a minha atenção foi o fato da Fazenda Shimada usar de forma racional os defensivos agrícolas tornando-os importantes aliados no manejo de pragas. Outro aspecto importante foi como a Shimada Agronegócio conduz sua administração, sendo a matriarca da família, a principal tomadora de decisão da empresa, evidenciando respeito pelos mais velhos, algo tão comum na cultura oriental”, finaliza.