Alunos aprendem na prática sobre a importância da reabilitação animal. Além disso, palestrantes falaram da necessidade do diagnóstico por imagem, da sanidade de ovinos e odontologia de roedores

Por: Camila Carvalho

A VIII Semana Acadêmica de Medicina Veterinário do ICESP- Savet – continua. No período noturno do primeiro dia do evento (01), os alunos aprenderam sobre a relevância da fisioterapia animal em pacientes que sofreram algum tipo de lesão. O curso foi ministrado pela Dra. Nathália Lira, especialista na área.

Assim como os humanos, os animais também precisam passar por uma reabilitação após sofrerem algum tipo de lesão ou depois de uma cirurgia. É o caso do poodle adulto examinado durante o curso. O animal foi resgatado das ruas bastante debilitado. Sob supervisão da Dra. Nathália, os alunos aprenderam como contar as vertebras, a fazer apalpação adequadamente para saber onde o animal sente dor e sobre técnicas estrangeiras que ainda são novas no Brasil.

Para o estudante do segundo período de Medicina Veterinária do ICESP, José Richardson, a Savet contribui grandemente para a formação dos futuros médicos veterinários. “Eu creio que tudo que está acontecendo aqui ajuda no crescimento da gente para enfrentar as clínicas e hospitais futuramente”.

Após o curso, os estudantes tiveram a oportunidade de saber mais a respeito da importância do diagnóstico por imagem. O palestrante Ramon Freitas Espíndola explicou que o uso de imagens em 3D por exemplo, permitem maior detalhamento. Para ele, o diagnóstico por imagem é crucial para fechar o laudo.

Em seguida, foi a vez da Dra. Tânia Luisa Maldaner falar sobre a Sanidade de ovinos.  Com 13 anos de experiência em medicina veterinária, a médica explicou como prevenir e tratar doenças em ovelhas. Para ela, a prevenção é a melhor maneira de cuidar dos ovinos e por isso deve-se observar qualquer mudança no animal e manter a vacinação em dia.

E você já parou para pensar sobre a saúde odontológica dos roedores? Pois é. Esse é um assunto muito importante para a saúde odontológica de animais roedores e também foi abordado na Savet. O Dr. Elber Luiz explicou que os cuidados começam na alimentação. Roedores como porquinhos-da-índia mastigam bastante e com o tempo os dentes ficam pontiagudos. Os dentes começam a machucar a bochecha do animal que para de comer e pode levar à morte. Assim, é necessário cuidado redobrado com a saúde odontológica do animal.